Deixando seu OpenBSD com cara de Linux

Este artigo tem como objetivo deixar o terminal do OpenBSD mais amigável, principalmente para aqueles que estão acostumados com as facilidades do bash no linux. O OpenBSD utiliza por padrão o shell csh, com ele você não tem o recurso de “auto-completar”, por exemplo, se você digitar cd /usr/lo[TAB] no csh nada irá acontecer, para que ele complete com /usr/local devemos utilizar o bash. Além deste recurso vamos implementar as cores do ls, que também ajudam muito na visualização rápida de algum arquivo e que não é padrão do OpenBSD. O primeiro passo é instalar o pacote do bash, para isso temos duas opções, a primeira, e recomendada pela equipe do OpenBSD é a seguinte:

Instalação do bash
pkg_add -v ftp://ftp.kd85.com/pub/OpenBSD/3.7/packages/i386/bash-3.0.16p0.tgz

A outra maneira é compilar o pacote pelos ports, caso você não tenha a árvore de ports, baixe em algum mirror e descompacte no diretório /usr:
cd /usr/ports/shells/bash/
make && make install
Com isso teremos o bash no sistema, mas seu usuário ainda está utilizando o shell csh, para que você possa utilizar o bash devemos editar o arquivo /etc/shells e colocar o bash ali para que o sistema aceite sua utilização:
echo “/usr/local/bin/bash” >> /etc/shells

Habilitando bash para o uso
Nosso próximo passo será alterar o shell do usuário no sistema, para isso vamos utilizar o comando chpass, este comando irá abrir um arquivo com os dados de seu usuário, os comandos para edição são os mesmos do vi. Você deve ter algo parecido com isto:
# Changing user database information for root.
Login: root
Encrypted password: $1b$58$W0GO8s5BDdXxRu349xsauVfJSa3TuYrNVKlasdj9lLM2uvIFe
Uid [#]: 0
Gid [# or name]: 0
Change [month day year]:
Expire [month day year]:
Class: daemon
Home directory: /root
Shell: /usr/local/bin/bash
Full Name: Charlie &
Office Location:
Office Phone:
Home Phone:

Neste ponto basta efetuar o login novamente para começar a utilizar o bash, porém, vamos fazer mais alguns ajustes para que ele fique o mais parecido possível com o terminal que você utiliza no Linux.
touch /etc/bashrc
chmod 755 /etc/bashrc
echo “export PS1=’u@h:w$ ‘” >> /etc/bashrc
Esta variável PS1 é a responsável por exibir no console o path em que você se encontra atualmente. (Vide comando para instalar o bash)

Cor do ls
Agora vamos fazer o ls ficar colorido, o ls do OpenBSD não é igual ao do Linux, por isso temos que instalar outro pacote para habilitarmos esta feature. Mais uma vez podemos instalar o pacote pre-compilado ou compilar pelo ports, neste caso vou instalar o pacote, caso você queria instalar pelo ports, ele fica em: /usr/ports/sysutils/colorls.
pkg_add -v ftp://ftp.kd85.com/pub/OpenBSD/3.7/packages/i386/colorls-3.7.tgz

Se você digitar ls agora ele ainda não estará colorido, assim como no Linux existe o alias ls=`ls –color`, no OpenBSD também devemos criar um alias, mas um pouquinho diferente:
echo “alias ls=’colorls -FG'” >> /etc/bashrc
Prontinho, basta efetuar o login novamente e todas as alterações entrarão em vigor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: